VINIALE

MADRUGADA BRANCO 2010

Seguindo a linha adoptada desde a primeira edição, procurou-se desenvolver uma enologia pouco interventiva, dando largas à expressão da viticultura e às suas circunstancias neste ano, com uma acidez marcada a fruta pontifica perante a austeridade. Surge desta maneira o Madrugada Branco 2010, um blend fiel às suas origens quentes sem esconder as influencias de outras latitudes.
Ligue para preços

MADRUGADA RESERVA BRANCO

Dada a qualidade da entrada dos brancos optou-se por fermentação em barrica de parte da produção. O objetivo prende-se com um aumento de tensão e untuosidade num conjunto que tinha demonstrado suficientemente frescura para aceitar este desafio. O resultado consiste num branco do Alentejo de elevado perfil gastronómico.
Ligue para preços

MADRUGADA RESERVA TINTO 2008

A procura pela fruta franca elegantemente envolvida pela frescura é a linha que conduz a este Madrugada Tinto 2008 Reserva. A tranquilidade de quase dois anos em barrica poliram os sérios taninos que dão tensão a um perfil sedoso envolvido pela elegância contida de boa barrica francesa.
Ligue para preços

MADRUGADA ROSÉ 2010

Muitas vezes na adega a circunstancias de um ano particular marcam a pauta de atuação, neste caso, com o objetivo de concentrar os aromas de uma Touriga Nacional à entrada procedeu-se à sangria dum lagar, dando origem a este rosé de aromas florais muito fiela à casta que lhe da origem. Com uma acidez muito marcada o conjunto engloba uma elegância muito particular.
Ligue para preços

MADRUGADA TINTO 2009

procura pela fruta franca elegantemente envolvida pela frescura é a linha que conduz a este Madrugada Tinto 2009. A enologia foi pouco interventiva optando pela expressão varietal das uvas aquando da sua fermentação e estágio em separado. A harmonia resulta do lote, em que se confrontam a fruta vermelha franca, com a frescura e estrutura especiada. Um vinho de carácter opulento, elegante e subtil. Um contra-ponto ao padrão mais tradicional dos tintos da região.
Ligue para preços